“A satisfação e motivação com o nosso emprego” in Jornal Diário de Aveiro de 22/06/2017

A satisfação no trabalho é uma reação emocional ou afetiva a vários aspetos da situação de trabalho de um indivíduo e é caracterizada como uma reação sentimental positiva resultante da avaliação do trabalho do empregado.

O desempenho humano e a satisfação baseiam-se na motivação e a motivação pode e deve ser aumentada com recurso a fatores intrínsecos (internos ao individuo como o reconhecimento profissional, crescimento pessoal e profissional, empowerment, etc) ou extrínsecos (externos ao individuo como o salário, flexibilidade no horário de trabalho, relação com os colegas, etc).satisfação

Em 2014, Thaliath and Rejoice apresentam no seu estudo, uma análise de fatores motivacionais que parecem ser relevantes no contexto da motivação dos funcionários e no contexto da sua influência no comportamento de trabalho (satisfação no trabalho e engagement dos funcionários). Nesse estudo concluíram que os funcionários satisfeitos com os seus empregos são altamente envolvidos com sua organização, levando a mesma a obter resultados superiores à média do sector.

De acordo com outro estudo levado a cabo em 1999 por Luo, a motivação intrínseca do trabalho está positivamente relacionada com a satisfação geral do trabalho, enquanto que a motivação extrínseca foi positivamente relacionada com a depressão. Este estudo descobriu ainda que existe um vínculo mais forte entre os fatores extrínsecos de trabalho e a satisfação no trabalho nos países mais pobres e em países com sistemas de segurança social fracos onde as questões de sobrevivência tornam-se mais essenciais.

Noutro estudo conduzido por Danish & Usman no ano de 2010, concluiu-se que a recompensa, o relacionamento com colegas de trabalho, a segurança no trabalho, a supervisão e o crescimento profissional são fatores significativos na explicação da motivação e satisfação no trabalho.

Outro aspeto curioso e que vai contra aquilo em que a maioria dos gestores preconiza, é de que o oposto da satisfação não é insatisfação. Se as empresas e os seus gestores são capazes de remover características insatisfatórias de um trabalho, isso não faz com que o trabalho seja satisfatório. A razão por trás disso, é que os fatores de satisfação no trabalho são distintos e separados dos fatores de insatisfação no trabalho, ou seja os gestores que eliminem os fatores de insatisfação no trabalho podem não necessariamente aumentar os níveis de motivação (dados resultantes do estudo conduzido por Alduaij em 2013)

De acordo com o estudo conduzido por Meera & Santhosh no ano de 2014, constatou-se que a satisfação dos funcionários possui uma forte correlação positiva com fatores motivacionais como a segurança do trabalho e a flexibilidade do horário de trabalho. Por outro lado o estudo demonstrou ainda que a satisfação dos funcionários exibe apenas uma relação positiva moderada, com o feedback do trabalho e a importância do mesmo.

A um nível prático, se os gestores aplicarem estratégias de gestão de recursos humanos para aumentar a motivação do trabalho e a satisfação no trabalho, estes podem efetivamente melhorar o desempenho do trabalho dos funcionários e superar a sua concorrência.

Estamos na presença de quê? Estamos na presença de um admirável mundo novo.

 

José Machado

Diretor na ControlPlan Consulting

About the Author: José Machado

O nosso cartão de cidadão:

Nascimento: Existimos desde 2011 a fazer o que melhor sabemos;
Áreas de atuação: Estudos de mercado, merchandising e consultadoria de marketing;
Equipa: Equipa com elevada experiência nas áreas core da empresa. Possuímos ainda uma bolsa com mais de 100 colaboradores disponíveis para todo o tipo de ações com cobertura nacional;

A ControlPlan é a melhor empresa que atua na área dos estudos de mercado, tudo com o intuito de melhor conhecer e entender a vossa marca, bem como o vosso cliente e restantes stakeholders.

A ControlPlan Consulting tem sido um parceiro chave na área do marketing dos seus diversos clientes, e a sua fidelização para com a nossa empresa é prova disso. Não somos um prestador de serviços, somos um parceiro que está sempre disponível para ouvir os seus problemas, dificuldades e obstáculos. A nós compete-nos apresentar-lhe uma solução.
Gostávamos de poder contar consigo como nosso parceiro!